11 out

Com 3 estrelas curso de Engenharia de Produção é reconhecido pelo GE

Todos os anos, o Guia do Estudante (GE), da Editora Abril, realiza uma análise criteriosa dos cursos de instituições de ensino superior do Brasil. Os que se destacam recebem o selo de qualidade e são divididos em categorias de estrelas, pontuadas de um a cinco, de acordo com o reconhecimento atribuído ao nível dos cursos.

Neste ano, o curso de Engenharia de Produção do Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia (ICET) foi certificado com três estrelas (conceito bom), e integra a publicação GE Profissões Vestibular 2018, que esta nas bancas desde o início deste mês.

Segundo o Vice-coordenador do curso, professor Moisés Coelho a premiação representa que o trabalho realizado vem dando frutos. “As diversas ações que vêm sendo realizadas ao longo dos últimos anos no que tange a modernização, flexibilização e fortalecimento do curso estão dando certo. Na realidade acaba sendo um reconhecimento da busca pela qualidade do curso”, comenta.

De acordo com Moisés, a coordenação está empenhada para conseguir mais estrelas nas próximas avaliações. “Atualmente, o curso de engenharia de produção está passando por um processo junto ao MEC no qual diversas ações que vão desde a reformulação do PPP (Projeto Político Pedagógico), passando pela criação de laboratórios do núcleo específico, fomento à participação em eventos científicos, atividades práticas, aulas específicas para o Enade, incentivo à produção científica entre docentes e discentes, entre outras, foram formalizadas junto ao Ministério da Educação objetivando um “salto” qualitativo no curso. O intuito da atual coordenação é a busca constante da qualificação do curso nos mais diversos rankings de modo a tornar-se em um futuro próximo referência na Região Norte na área de Engenharia de Produção.”, garante.

O Diretor do ICET, professor Jorge Kanda, comemora o bom resultado da avaliação, falando que servidores e alunos lutando por um mesmo objetivo só mostra como essa união dá certo.”Estamos trabalhando firmemente na tríade universitária ensino, pesquisa e extensão. Nossos projetos têm a preocupação de juntar tudo isso com o que os acadêmicos veem em sala de aula. Temos a missão de melhorar cada vez mais nossos espaços para que os alunos tenham a condição de ter boas condições de aprendizagem e queremos que eles sintam orgulho pelas suas profissões. É o futuro deles que está em jogo”, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>