Comunidade acadêmica homenageia Moysés Benarrós Israel, personalidade que dá nome ao Campus Itacoatiara

26 maio
image_pdfimage_print

Slide Memorlia-01

No próximo dia 30 de maio, a Universidade Federal do Amazonas, por meio do Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia (ICET), homenageia Moysés Benarrós Israel, personalidade amazônida que viabilizou a instalação do campus da UFAM na cidade de Itacoatiara.

A cerimônia de reconhecimento, que contará com alunos, docentes e técnicos, além da reitora, professora Márcia Perales Mendes Silva, será realizada para o empresário com a entrega oficial de uma memorália, espaço em que são mantidas as memórias, condecorações e objetos do homenageado.

Empreendedor e defensor da educação e do desenvolvimento social, o empresário Moysés Benarrós Israel doou, ainda na década de 1990, um terreno de 18.145,62 metros quadrados, onde hoje estão abrigados nove cursos de graduação e um de pós-graduação em nível de mestrado.

Segundo o diretor do Instituto, professor Fábio Medeiros Ferreira, a memorália encontra-se instalada onde o empresário viveu até meados dos anos 2000, quando se mudou para a capital, Manaus. A pedido dele, o espaço foi preservado, ao passo que as instalações da Universidade foram erguidas para atender às demandas educacionais.

“A homenagem é justa e de grande importância, uma vez que o agradecimento é feito a ele em vida. Ao longo de toda sua jornada, o senhor Moysés demonstrou seu comprometimento assumindo papel de mediador junto às autoridades, visando ao fomento de políticas em Itacoatiara”, considerou.

Ainda segundo o gestor, o imóvel que abriga a memorália, com mais de 50 títulos honoríficos conquistados ao longo dos anos, também comportará a Divisão de Assuntos Comunitários. No ano passado, o espaço foi reformado, ganhou nova pintura e reparos. Desde 2004, o nome de Moysés Benarrós Israel intitula o campus Universitário de Itacoatiara.

Currículo do homenageado – Nascido no estado do Pará, em 1924, Moysés Benarrós Israel veio ainda jovem para Manaus, onde passou a ajudar o tio, Isaac Sabbá, pioneiro e construtor da Refinaria de Petróleo de Manaus.

Pela visão arrojada, tornou-se sócio do tio e logo tomou frente aos negócios da família. À época, fez várias viagens para os Estados Unidos e outros países, para receber treinamentos e participar de eventos do setor petrolífero. O know-how lhe deu condições para se destacar na Federação das Indústrias do Amazonas.

O empresário tem a sua vida ligada à história do Estado, principalmente ao setor da economia, onde atua como empresário nos mais diversos setores. Entre muitos cargos ocupados. Moysés Israel foi vice-presidente da Cia Brasileira de Plantações. Diretor da Cia de Petróleo da Amazônia: sócio da l. B. Sabbá & Cia Lida; diretor da Beta Indústria e Comércio e diretor do Banco do Estado do Amazonas.

Em 1960 participou da fundação e instalação da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam). Entre as várias funções desempenhadas, destacam-se a de presidente do Sindicato das Serrarias, vice-presidente da Fieam, presidente da Associação Comercial do Amazonas (AÇA), diretor do SENAI/AM, diretor do SESI/AM, presidente da Legião Brasileira de Assistência (LBA), diretor da Santa Casa de Misericórdia de Manaus, presidente da Casa Infantil Dr. Farjado, conselheiro do Conselho Diretor da Fundação Universidade do Amazonas, diretor Regional do Instituto Euvaldo Lodi (IEL/AM) e presidente do Conselho Regional da IEL/AM.

Também foi diretor da Associação Comercial do Amazonas (ACA), membro do Conselho Fiscal da FIEAM, membro do Comitê Técnico do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE); membro do Conselho Deliberativo do Sebrae/AM, e diretor do SESI/AM.

Como defensor do Ensino Superior no Amazonas, na década de 1990 fez a doação de área para a antiga UA, atual Universidade Federal do Amazonas e para a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), onde funciona o Centro de Estudos Superiores da UEA, inaugurado em setembro de 2002.

Em 2008, obteve mais um êxito, quando possibilitou a chegada do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam).

Condecorações concedidas ao homenageado e

que estarão expostas na memorália

1.    Medalha do Mérito Cultural “Péricles Moraes” (23/04/06)

2.    Medalha do Mérito Comunitário de Manaus (21/07/85)

3.    Discurso do Profo. Adelino Ribeiro / UFAM. Homenagem em nome da Instituição ao Dr. Moysés Israel, outorgando oficialmente o nome do Campus Universitário de Itacoatiara “Moysés Benarrós Israel”. (2003)

4.    Placa simbólica “50 Anos da Escola de Enfermagem de Manaus UFAM “Construindo o saber para o Amazonas e para a Sociedade Brasileira”. (1999)

5.     Placa simbólica “CIEC – 50 Anos” (10/11/04)

6.    Titulo de sócio-proprietário do Bosque Clube de Manaus: (01/07/56)

7.    Titulo de sócio-proprietário do Ideal Clube de Manaus: (02/05/46)

8.    Diploma “Titulo Benemérito da União dos Estudantes do Amazonas – UEA: (04/01/60

Documentos de reconhecimento de honra ao mérito:

9.    Documento de Confirmação de Acordo com a OIT – Organização Internacional do Trabalho, de procedência Suíça: (22/06/93)

•         Objetivo: manter intercâmbio na área da Organização Internacional do Trabalho, relação Suíça e Amazonas.

10.  Documento do Governo do Estado de Tenessee – cidade de Memphis, “Reconhecimento do Trabalho para o Desenvolvimento das Relações Empresariais e Culturais”: (25/1169)

11.  Documento de homenagem ao “Empresário Atuante na Responsabilidade Social”. Aniversário de 64 Anos da ACI – Associação Comercial de Itacoatiara: (13/11/07)

12.   Documento de Reconhecimento do 1º Ministro da África do Sul: S.T.P. Botha – Discussões sobre Reflorestamento do Amazonas:

13.  Placa de Reconhecimento: UTAM – Instituto de Tecnologia da Amazônia, motivo; Comemoração de 25 Anos – “Reconhecimento pelo Apoio e Colaboração a UTAM – Instituto de Tecnologia da Amazônia: (11/11/98)

Fonte: www.ufam.edu.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *